Posts

6 Níveis de Fluência em Inglês

Como Ser Fluente Em Inglês Com 5 Passos do Sistema P.L.A.N.E.

Você quer ser fluente em inglês? Sabia que existem 6 níveis de fluência estabelecida pelo Quadro de Referência Europeu? Assista esse vídeo para aprender os 5 passos que você deveria seguir diariamente no

Se tiver dúvidas ou perugntas, deixe um comentário com o seu feedback. E se gostou dessa lição, nos avise ao curtir o vídeo, inscrever no canal, ou compartilhá-lo com os seus amigos.

Siga Nos no Facebook, Youtube, e Instagram

Como Aprendi A ‘Falar’ Uma Nova Língua Em 3 Semanas

Fizemos um treinamento com professores novos aqui na XOK English no mês passado. E para encerrar o evento, pedimos que o Gabriel aplicasse os métodos e técnicas que tínhamos ensinado através de uma aula de francês.   

Foi um gande successo, tanto é que no final da aula, todos os professores queriam formar uma turma de francês. Nunca tinha estudado francês, mas achei superdivertido.

O que mais me chamou atenção foi o fato de sentir como os meus alunos iniciantes. Colocou-me no lugar de um aluno novamente e lembrei como era aprender um novo idioma.

Só, que demorou em encontrarmos um horário em que desse para todos os professores estudarem juntos. Então decide começar a estudar sozinho enquanto a turma não se formava.

Devido o trabalho, família, estudos, etc, tinha pouco tempo para dedicar-me ao francês, mas fui aproveitando o tempo que tinha – 15 minutos aqui, 20 minutos ali.

Assista Vídeos No Novo Idioma

Como o meu foco era conversação, queria desenvolver principalmente a compreensão oral. Então fui direto pro Youtube para ver que tipo de conteúdo poderia encontrar.

Assistir vários clipes de desenhos animados, alguns seriados, e até umas vídeo-aulas de professores da língua. Mas, como estava iniciando, ainda entendia muito pouco.

No segundo dia, encontrei o Yabla que é um site de vídeos com legendas em inglês e francês. Assim podia ler as legendas em francês para saber como escrever as palavras e em inglês para compreender o significado.

Além disso, o Yabla ainda te permite e diminuir a velocidade do vídeo para facilitar a compreensão.

Fazer essa comparação entre as legendas em dois idiomas for superútil, e deu para aprender muitas palavras em contextos diferentes.

Acesse Redes Sociais No Novo Idioma

Continuei na minha procura por formas de praticar o que estava aprendendo, e me cadastrei no Busuu. Fiquei por aí uns 3 dias estudando várias lições que encontrei aí.

Uma das coisas que achei mais desafiadora foi a parte escrita onde te mostram uma foto, e você escreve sobre o que ver em francês. No início, não gostei por que não sabia o que escrever por que não sabia me expressar.

Mas comecei a usar todas as palavras que tinha aprendido na lição…mesmo para dizer o que não tinha na foto.

Por exemplo, se tinha uma foto de um camelo, então escrevia, “Esse não é um homem” e um monte de outros frases com palavras que conhecia. Apesar de não escrever nada sobre a foto em si, ainda conseguir escrever muitas outras coisas coisas.

Mas o legal no Bussuu, é que pessoas nativas corrigem o que eu escrevia. Então, dava para perceber o que estava fazendo de errado.

Então essa interação com outros falantes nativos foi bastante ajudador. E como é uma rede social, deu para fazer vários amigos franceses que estão estudando inglês ou português.

Estude Lições Online

A partir daí, me cadastrei no Duolingo. Achei extremamente fascinante por que parece uma espécie de jogo. Depois de encontrar esse site passei a usá-lo quase exclusivamente.

Achei bastante útil para dominar as estruturas das frases. Mesmo com o pouco de tempo que tinha para estudar, conseguir aprender umas 200 – 300 palavras.

E com essas palavras, comecei a criar as minhas próprias frases em francês. Onde estivesse, olhava ao redor e montava frases na minha cabeça com o que já tinha aprendido.

Falando No Novo Idioma

Depois de alguns dias, estava no chuveiro pensando em francês e pensei comigo mesmo – “Nossa. Já consigo montar frases, por que não montar uma história usando as frases que já aprendi.”

E fiz. For uma história super simples. Mas conseguir juntar as palavras e frases na cabeça e conta-lo de início ao fim. Fique super feliz.

Sair contando a história para todo mundo. Contei a minha história para o Gabriel quando o encontrei. Ele fez algumas correções, e depois gravou a minha história para eu treina a pronúncia.

A Minha Primeira Aula de No Novo Idioma

E hoje, começa a nossa primeira aula de francês. Finalmente, conseguimos achar um horário que dá para a maioria dos professores estudarem juntos.

E é bom saber que antes mesmo de começarem as aulas, já conseguir aprender tantas palavras, e já conseguir falar frases e montar frases em francês.

Ainda é pouco eu sei. Mas já iniciei a jornada. Agora é só continuar a aprender mais palavras e usar a língua sempre que poder.

A Conclusão Para Quem Quer Aprender Inglês

Com base nessa experiência que tive, creio que tem duas lições importantes que gostaria de passar para os meus alunos de inglês.

Primeiro, comece a usar o que já apendeu e comece a falar o mais rápido possível. Não espere concluir o curso para dizer que fala inglês. É preciso praticar sempre. Pense em inglês, fale em inglês, e conte histórias em inglês com as palavras que já aprendeu.

E a segunda lição seria esse: Não espere pela turma, colegas, e nem o professor. Eles estão aí para te ajudar, te dar apoio, e oferecem um ambiente seguro para praticar.

Mas se você é como eu, e quer falar muito e falar logo…procure estudar e praticar sempre que puder. Assiste vídeo, estude lições online como Duolingo, pratique com nativos nas redes sociais.

Tome a iniciativa. Tome as rédeas e se responsabiliza pelo seu próprio desenvolvimento. Não espere a boa vontade de outras pessoas te acompanharem.

Esses dias, falava com todo mundo em francês. Alguns sorriam de mim. Outros – que nem sabiam falar francês – tentavam corrigir o meu ‘biquinho’. E outros ainda tentaram me desanimar dizendo que nunca conseguiria e que não valia a pena.

Mas depois, quando ti vejam falando em inglês vão querer fazer o ‘curso’ contigo. E você estudará feliz com elas sabendo que você se motivou a aprender inglês e ainda motivou outros a aprenderem também.